Ano passado eu decidi que ia fazer a tão sonhada viagem para a Disney, em Orlando! Comecei a organizar minhas finanças e montar um cronograma de todas as coisas que eu precisaria planejar/arrumar durante 2017 para essa viagem acontecer.



O cronograma de 2017 ficou mais ou menos assim:

Janeiro a abril = cronograma do casamento
Maio a junho = atualização dos meus dados/documentos
Julho = novo passaporte
Agosto = visto americano
Setembro a Outubro = passagens, hotel, ingressos etc
Novembro a Dezembro = bastante tempo para resolver qualquer contratempo (bate na madeira 3x)

Em abril de 2017 eu casei e alterei o sobrenome (dica de amiga, não façam isso), logo precisei atualizar o nome em tooodos os documentos, cartões, bancos. Para *atualizar o passaporte eu precisava estar com todos os documentos já atualizados, por isso ele ficou por último.

O meu passaporte venceria em julho de 2018 e minha viagem está planejada para janeiro do mesmo ano. Legalmente eu poderia viajar com esse passaporte - levando a certidão de casamento junto - porque os Estados Unidos não exigem validade mínima para viajar.

Porém, já que eu ainda daria entrada no visto americano, achei melhor já estar com um passaporte atualizado e válido por mais 10 anos. Não acho que faria sentido ficar viajando com 2 passaportes nos próximos anos, no meu caso.

*Observação importante: NÃO EXISTE renovação do passaporte. A segunda via do passaporte é um novo passaporte, com número diferente. Precisa levar toda documentação de novo.

*Observação mais importante porque dói no bolso: Se você tem um passaporte válido no momento que vai requerer um novo, você DEVE apresentá-lo no dia que comparecer à Polícia Federal. Caso contrário você pagará a chamada taxa majorada de R$514,54.

Lei de Murphy


Depois de atualizar todos os documentos, paguei a taxa de R$ 257,25 e fui agendar o novo passaporte e coincidiu justamente com o período que a Polícia Federal suspendeu temporariamente a emissão (no caso a entrega) do documento por falta de verba. O processo todo continuava funcionando, somente o prazo de entrega foi alterado (que era de 6 dias úteis normalmente).

Meu passaporte válido foi cancelado, e ao contrário do que li por aí, me devolveram com as páginas carimbadas. Nessa altura eu já estava orando pra PF não entrar em greve porque eu precisava comprar as passagens com alguma antecedência e só as compraria depois do visto americano.

Além do mais, antes eu conseguiria viajar com o passaporte antigo se desse algum problema, mas com ele cancelado eu estava fritinha da silva.

Por fim, meu passaporte ficou pronto em 20 dias corridos (cerca de 14 dias úteis), no dia 14 de agosto. Não chegou a ser um problema no cronograma, nada desesperador, já que o processo do visto foi bem rápido (vou escrever sobre isso em outro post).

Um resumo rápido baseado nas minhas experiências


  • Mesmo que você já tenha ou teve um passaporte, você irá emitir um novo passaporte, fazer todo o mesmo processo novamente, levar todos os documentos exigidos.

  • Se você casou e assim como eu fez a burrada de alterar o sobrenome, é melhor providenciar a atualização dos seus dados em todos os documentos primeiro. Precisa levar a certidão de casamento original, mesmo que seu RG, título, CPF etc já conste o nome de casado.

  • A certidão de casamento PRECISA ser o documento original. Não aceitam cópia nem mesmo autenticada. Há um aviso sobre isso colado na porta, não abrem exceção.

  • Se você se divorciou alguma vez na sua vida, ainda que já tenha voltado para o seu sobrenome original, com novos documentos atualizados, tem que levar averbação do divórcio original. E tem que levar em todas as vezes que você for tirar um novo passaporte (presenciei isso com colega de trabalho que não levou a averbação por já tê-la levado 5 anos atrás quando fez o outro passaporte).


  • Não precisa chegar com duas horas de antecedência porque realmente chamam no horário agendado (são várias pessoas pro mesmo horário, mas é tudo muito rápido).

  • A fotografia (que a gente sai com cara de bunda) é tirada lá. Na segunda via não colhem suas digitais, apenas confirmam com seu polegar.

Passos para retirar um novo passaporte (com os links)


  • No site da Polícia Federal, você vai em “requerer passaporte”, não existe diferença entre primeira ou segunda via nos processos. Então você vai precisar: 



  • Pagar o boleto do GRU que será gerado no fim da solicitação;



No dia de comparecer ao local agendado


  • Leve os documentos originais + comprovante de agendamento + boleto e comprovante de pagamento do GRU (leia bem, boleto + o comprovante do pagamento do boleto). 


Quando no status no site mostrar que o documento foi emitido, você ainda deverá esperar um e-mail que vai te dizer a partir de qual dia seu passaporte estará disponível no posto para retirar.

No dia de retirar o passaporte, leve um documento de identidade original. Vão te pedir para conferir os dados impressos, confirmar com sua digital e assinar o documento.

Que lição podemos tirar com isso, amiguinhos? 


Não deixe essas coisas de documentação para última hora. Ouvi pessoas dizendo que "3 meses de antecedência é o suficiente". As pessoas não contam com os imprevistos. O meu caso foi rápido, mas poderia não ter sido, né?

Contem com o cronograma organizado, não com a sorte. (nas horas vagas sou filósofa de chuveiro)

Em um próximo post vou contar como foi o processo do meu primeiro visto americano.